AFP PHOTO / ERIC FEFERBERG
AFP PHOTO / ERIC FEFERBERG

Centrista venceria segundo turno das eleições na França com mais de 60% dos votos, aponta pesquisa

Opinionway estima que Emmanuel Macron teria 61% dos votos, enquanto adversária de extrema direita, Marine Le Pen, contaria com 39%

O Estado de S.Paulo

24 Abril 2017 | 08h30

PARIS - O candidato centrista à presidência da França, Emmanuel Macron, venceria a concorrente de extrema-direita, Marine Le Pen, por 61% contra 39% dos votos no segundo turno das eleições, de acordo com a pesquisa Opinionway divulgada nesta segunda-feira, 24.

Esta é a primeira vez em quase 60 anos que a direita estará ausente no segundo turno e a primeira que não contará com representantes dos dois grandes partidos que dominam a política francesa em meio século: os socialistas do presidente François Hollande e os conservadores liderados por François Fillon.

"A direita sofre nocaute", intitulou a primeira página do jornal Le Figaro, qualificando o resultado de "enorme desperdício". Segundo resultados quase definitivos do Ministério do Interior, Macron, de 39 anos, venceu o primeiro turno com 23,7% dos votos, enquanto Le Pen, de 48 anos, conta com 21,9%.

Eles são seguidos por Fillon e pelo esquerdista Jean-Luc Mélenchon, enquanto o grande derrotado foi o socialista Benoit Hamon, que obteve apenas 6,2% dos votos. / REUTERS e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.