Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Centro-direita lidera pesquisa em eleições na Alemanha

Uma pesquisa de opinião publicada hoje na Alemanha mostra que a coalizão de centro-direita planejada pela chanceler, Angela Merkel, conta com uma pequena maioria do eleitorado. As eleições no país ocorrem no domingo. Merkel quer encerrar à atual coalizão com o Partido Social Democrata (SPD), de centro-esquerda, e formar um novo governo com o Democratas Livres (FDP) após o pleito de domingo.

AE-AP, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 15h27

A pesquisa feita pela agência Forsa, realizada entre os dias 15 e 21 de setembro, reforçam as expectativas para uma corrida apertada. 35% dos entrevistados demonstraram apoio ao Partido Democrata Cristão (CDU), de Merkel, e à União Social Cristã (CSU), da Baviera. São dois pontos porcentuais a menos na comparação com o levantamento realizado em 14 de setembro. A pesquisa mostrou que o apoio aos Democratas Livres subiu um ponto, para 13%, o que daria à potencial aliança de centro-direita um total de 48%, comparado com 47% de todos os seus rivais combinados.

O apoio ao Partido Social Democrata do ministro de Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, subiu dois pontos porcentuais, para 26%. A intenção de votos para os opositores Partido Verde e A Esquerda não sofreram alterações, ficando em 11% e 10% respectivamente. Steinmeier, o principal adversário de Merkel para o cargo de chanceler, tem concentrado sua campanha em tentar evitar um governo de centro-direita. Embora seja pouco provável que ele se torne chanceler, ele se beneficiou de sua boa performance durante um debate televisivo no dia 13 de setembro com Merkel.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhaeleiçõescoalizão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.