Fabrice Coffrini/Pool via REUTERS/File Photo
Fabrice Coffrini/Pool via REUTERS/File Photo

Centros de saúde da Ucrânia foram atacados, diz chefe da OMS

"Os ataques causaram várias mortes e ferimentos", acrescentou Tedros Adhanom Ghebreyesus em uma mensagem no Twitter.

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2022 | 05h48

A Organização Mundial da Saúde confirmou, neste domingo, 8, "vários" ataques a centros de saúde na Ucrânia e está investigando outros.

"Os ataques causaram várias mortes e ferimentos", acrescentou Tedros Adhanom Ghebreyesus em uma mensagem no Twitter.

"Ataques a instalações de saúde ou trabalhadores violam a neutralidade médica e são violações do direito internacional humanitário", disse ele.

Em seu breve post, Tedros não mencionou a Rússia, que invadiu a Ucrânia em 2 de fevereiro. 24./ Com informações da Reuters.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.