CEO de Wall Street critica programa social

O CEO do banco americano Goldman Sachs, Lloyd Blankfein, criticou o uso de dinheiro do governo em programas sociais. Blankfein, cujo banco participou do pacote de resgate de US$ 750 bilhões, em 2008, acha que o conceito é "errado"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.