Cerca de 200 pessoas morrem em inundações na China, diz governo

Milhões de residências foram destruidas nas províncias no sul do país

Estadão.com.br

22 de junho de 2010 | 12h07

PEQUIM - Cerca de 200 pessoas morreram e mais de 120 estão desaparecidas devido às fortes chuvas e inundações que devastam 10 províncias no sul da China, disse a agência de notícias do governo nesta terça-feira, 22.

 

Cerca de 2,3 milhões de residentes foram evacuados e 195 mil casas colapsaram, enquanto 568 mil foram danificadas, reportou a agência de notícias estatal Xinhua de acordo com informações da CNN.

 

Além disso, 1,6 milhões de hectares foram inundados, destruindo 12,5% da área de plantio, disse Xinhua.

 

O danos estão estimados em US$ 6,17 bilhões.

 

O problema piorou na terça depois que um dique se rompeu no rio Fu na província de Jiangxi, forçando cerca de 35.000 pessoas a fugir, disse Xihua. Mais de 1.200 pessoas foram resgatadas.

 

O Ministério de Assuntos Civis enviou 5.000 tendas para Fujian, 3.000 tendas para Guangdong e 10.000 tendas para Jiangxi nesta terça.

 

O ministério já havia despachado 3.500 tendas para as áreas afetadas pelo desastre, reportou a agência de notícias.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinachuvasinundações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.