Cerca de 35 membros do Taleban são mortos no Afeganistão

As tropas afegãs e americanas, apoiadas por um avião militar, travaram um confronto contra um suposto grupo Taleban no sul do Afeganistão, deixando pelo menos 35 insurgentes mortos, disseram fontes militares nesta sexta-feira, 13.O conflito durou cerca de cinco horas na província de Helmand, no sul do Afeganistão, onde Forças da Otan constantemente realizam investidas contra membros do Taleban.Em declaração, as tropas afegãs afirmaram que "mais de 35 taleban foram mortos no conflito". Não houve menção de mortes na coalizão do Afeganistão.Os Estados Unidos possuem cerca de 25 mil soldados no Afeganistão, incluindo 14 mil servindo pela coalizão comandada pela Otan, resultando em 36 mil homens em terras afegãs.Soldados mortosDois soldados da Otan foram mortos em outras duas explosões separadas provocadas por bombas em estradas no leste do Afeganistão, elevando o número de mortes de soldados estrangeiros neste semana para 11 - uma das semanas mais sangrentas para as tropas ocidentais em meses. As mortes aconteceram no mesmo dia em que um helicóptero do coalizão liderada pelos EUA caiu por causa de problemas técnicos no sudoeste de Cabul, disse um porta-voz do Exército dos Estados Unidos. Equipes de resgate foram atacados por militantes suspeitos do Taleban no local, na província de Ghanzi, depois da queda na noite de quinta-feira. Três militantes do Taleban foram mortos em decorrência da batalha, mas não houve vítimas entre as tropas de resgate ou entre os cinco empreiteiros a bordo da aeronave. O Taleban disse que abateu o helicóptero, mas não há como verificar independentemente a causa da queda. Mais cedo na quinta-feira, dois comboios da Otan, a cerca de 8 km entre eles e em diferentes operações de apoio às forças de segurança do Afeganistão foram atacados num intervalo de 30 minutos, disse a aliança em comunicado. Um soldado também foi ferido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.