Cerca de 53 pessoas morreram no naufrágio em Zanzibar

Pelo menos 53 pessoas morreram no naufrágio de uma balsa no arquipélago de Zanzibar, na Tanzânia, neste sábado. Cerca de 300 pessoas ainda estão desaparecidas, o que deve elevar o número de mortos de forma expressiva. Segundo o ministro para emergências, Mohammed Aboud, até o momento 260 sobreviventes foram resgatados, além de 53 corpos recuperados. Pelo menos 40 pessoas resgatadas estão em estado grave, com ferimentos causados por destroços que caíram quando a balsa virou. Autoridades estimam que a balsa devia levar 600 passageiros, incluindo famílias voltando do feriado em que celebravam o fim do mês santo muçulmano de Ramadan. As informações são da Associated Press.

EDUARDO MAGOSSI, Agência Estado

10 Setembro 2011 | 18h36

Mais conteúdo sobre:
Zanzibar Balsa naufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.