Cerca de 60 mortos em combates no Afeganistão

Combates entre milícias rivais no norte do Afeganistão deixaram cerca de 60 soldados e civis mortos e dezenas de feridos, informaram autoridades. Os combates irromperam por volta do meio-dia e prosseguiam pela noite, envolvendo tanques, artilharia pesada e outras armas, disse o general Abdul Sabur, um porta-voz da facção Jamiat-e-Islami, o principal partido da poderosa Aliança do Norte, liderada pelo ministro da Defesa, Mohammed Fahim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.