Cerca de 7.500 pessoas abrem o desfile gay de Sydney

Cerca de 7.500 pessoas abriram hoje o desfile de gays e lésbicas realizado há 29 anos em Sydney para reivindicar com espírito festivo os direitos da comunidade homossexual.Um total de 120 carros alegóricos percorreu, em meio a muita música e cor, a Oxford Street, no centro da cidade, que estava repleta de dezenas de milhares de pessoas que aplaudiam o evento, que este ano tem como lema "Objetos do Amor", segundo a agência AAP.O carro mais espetacular era o dedicado à cantora australiana Kylie Minogue, cercada por aproximadamente 250 homens maquiados e caracterizados como ela.Ícones gays saídos do filme "Priscilla: A Rainha do Deserto", produção australiana protagonizada por Terence Stamp, também estiveram presentes a um desfile que teve como mestre de cerimônias o ator britânico Rupert Everett.O primeiro-ministro conservador, John Howard, não se livrou de ser parodiado. Os organizadores do evento pediram ao premiê que reconheça formalmente a importância do ato e o convidaram a se somar à festa.Mas também houve lugar para a reivindicação ecológica, com um carro alegórico que mostrava os efeitos desastrosos da mudança climática e do aquecimento do planeta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.