Nic Bothma/Efe
Nic Bothma/Efe

Cerca de mil soldados africanos já estão no Mali para intervenção

Porta-voz do Exército francês diz que os militares vêm da Nigéria, Togo, Benin, Níger e Chade

AE, Agência Estado

22 de janeiro de 2013 | 11h57

MALI - Cerca de mil soldados africanos já estão no Mali para participar da intervenção militar que visa tirar militantes islamitas do poder, segundo o governo francês. O porta-voz do Exército da França, coronel Thierry Burkhard, afirmou que os militares vêm da Nigéria, Togo, Benin, Níger e Chade.

Atualmente, a França possui 2.150 soldados no Mali e recebeu apoio logístico de aliados ocidentais e da inteligência dos Estados Unidos. Mas os franceses esperam que os soldados do Oeste Africano assumam a liderança da operação, ao lado das tropas do Mali, para garantir a segurança do país.

Os países vizinhos africanos devem contribuir com cerca de 3 mil militares, mas preocupações sobre a missão têm atrasado alguns governos de enviar as tropas prometidas. A França lançou sua operação em 11 de janeiro, um dia depois de os islamitas se iniciarem sua ofensiva no sul do país.

As informações são da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
MaliFrançasoldados africanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.