Cerco em hotel termina com 5 mortos no Afeganistão

Embaixada dos EUA diz que entre os mortos está um americano

O Estado de S. Paulo

13 de maio de 2015 | 20h41

CABUL - Homens armados invadiram um hotel no centro de Cabul, capital do Afeganistão, no momento em que ocorria uma festa para estrangeiros na noite de quarta-feira. Segundo a polícia, o cerco no local terminou com 5 mortos, 6 feridos e 54 reféns resgatados.

A embaixada dos Estados Unidos em Cabul confirmou que entre os mortos está um americano, sem divulgar sua identidade. Não há detalhes sobre as outras vítimas, até o momento.

Segundo a polícia, os três homens que atacaram o hotel foram mortos e não puderam detonar as bombas que levavam  com eles.

Duas explosões foram ouvidas e quatro ambulâncias seguiram até o local. O embaixador indiano no Afeganistão, Amar Sinha, disse acreditar que pelo menos seis das pessoas dentro do local eram indianas.

Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. Mas o Taleban já realizou ações similares em Cabul.

Mais cedo na quarta-feira, homens armados mataram 12 pessoas e feriram outras 12, em um ataque a uma sede do governo na cidade de Lashkar Gah, capital da Província de Helmand, segundo as autoridades. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolênciamortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.