Cerimônia discreta marca troca de estilo no Palácio do Eliseu

Em uma cerimônia sóbria no Palácio do Eliseu, o socialista François Hollande tornou-se ontem o 24.º presidente da França. Disposto a enterrar os cinco anos de "hiperpresidência" de Nicolas Sarkozy, Hollande submeteu-se à chuva e ao granizo em Paris e entrou em contato com o público pelo menos cinco vezes.

PARIS, O Estado de S.Paulo

16 Maio 2012 | 03h02

O veículo que transportava o novo presidente - um automóvel ecologicamente correto, com motores elétrico e a diesel - ao Eliseu parou em todos os sinais de trânsito, transmitindo a ideia de respeito à igualdade.

Hollande prometeu um governo simples e justo, mas com "grande ambição", que estimule o crescimento e abra "um novo caminho na Europa". Em uma fala de 11 minutos, encontrou tempo para cutucar seu antecessor, elogiando a grandeza, a modernidade e a Justiça de Charles de Gaulle, George Pompidou, Valéry Giscard d'Estaing, François Mitterrand e Jacques Chirac, mas oferecendo apenas "votos pela nova vida" a Sarkozy. Indiferente à alocução, o ex-presidente corria em um parque. / A.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.