Cessar-fogo de Kadafi não é verdadeiro, diz EUA

O assessor para segurança nacional do presidente dos Estados Unidos Barack Obama, Tom Donilon, disse hoje, no Brasil, que o anúncio de cessar-fogo feito mais cedo pelo governante da Líbia, Muamar Kadafi, "não é verdadeiro" ou então foi "imediatamente violado".

AE, Agência Estado

20 de março de 2011 | 20h51

Kadafi anunciou mais cedo neste domingo o cessar-fogo, ao afirmar que estava atendendo a um pedido da União Africana (UA) a qual pediu que o governante inicie um diálogo com a insurgência na Líbia. O anúncio foi feito pouco antes dos aviões ocidentais começarem mais uma onda de bombardeios a Tripoli.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUALíbiacessar-fogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.