"Chacal" negocia repatriação para a Venezuela

Carlos, ?O Chacal?, que cumpre pena de prisão perpétua na França, iniciou negociações com o governo da Venezuela para conseguir a repatriação a seu país natal, declarou sua defensora e esposa, Isabelle Coutant Peyre. A advogada informou ter solicitado formalmente à Chancelaria e à Defensoria do Povo a repatriação de "O Chacal", cujo nome verdadeiro é Ilich Ramírez Sánchez, "por estar ilegalmente detido" na França. Peyre esteve em Caracas no mês passado para se reunir com autoridades e conhecer os parentes do marido, com quem se casou em agosto de 2001."O governo da Venezuela tem a obrigação, por leis internacionais e pela Convenção de Viena, de fornecer assistência e defender os direitos de seus cidadãos", disse ela em declarações divulgadas pela imprensa venezuelana. O governo de Caracas não respondeu imediatamente o pedido, mas em abril de 1999, o presidente Hugo Chávez enviou uma carta a "O Chacal" na qual expressou sua solidariedade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.