Chamas continuam devastando o Arizona

O incêndio incontrolável que está devastando o estado de Arizona, nos Estados Unidos, e reduzindo a cinzas uma árez 16 vezes maior do que Manhattan, rodeou a cidade de Show Low, cujos habitantes se resignaram a abandonar suas casas. A seca, o calor infernal, os fortes ventos e a conjunção de dois incêndios - denominados Rodeo e Chedeski - aumentaram a força da coluna de fogo que há uma semana avança sobre o Arizona e já devorou mais de 150 mil hectares de mata.Os bombeiros tentaram criar uma barreira contra as chamas a de 10 km de Show Low, de onde a população foi retirada no domingo, após o incêndio destruir 116 casas nos arredores da cidade. No entanto, as chamas superaram a barrreira, obrigando os bombeiros e guardas florestais a se retirarem e entregarem a cidade à sua sorte. "Muitos de nós combatemos chamas há 30 anos, mas este é o incêndio maior e mais desastroso que já tivemos de enfrentar", afirmou um porta-voz das equipes de resgate.DesastreOs incêndios no Arizona já causaram a retirada de toda a população de dezenas de cidades e povoados, deixando milhares de pessoas em condições de emergência. O maior incêndio, o Rodeo, foi provocado na terça-feira passada por um grupo de pessoas ainda não identificado pelas autoridades. O outro incêndio, o Chedeski, foi iniciado na quinta-feira por uma fogueira feita por um turista que se perdeu na mata e queria indicar sua posição. As autoridades esperam que, a partir de hoje, o vento que alimentou o colossal incêndio diminua, salvando o destino de Show Low, onde os bombeiros lutavam para bloquear o fogo. O Arizona não é o único foco das chamas, já que pelo menos outros 17 grandes incêndios estão desvastando ao mesmo tempo sete estados no oeste do país, destruindo mais 360 mil hectares. Entre os estados mais afetados estão Colorado e Califórnia. No Colorado, as chamas continuam ameaçando. Na periferia de Denver, a capital, as chamas já causaram a primeira vítima - uma mulher que morreu de uma crise de asma, devido à fumaça da combustão da mata que rodeia a cidade. Em algumas área, a fumaça é tão densa que impede a visão do que se passa do outro lado da rua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.