Chanceler britânico pede ao Oriente Médio apoio contra Iraque

O chanceler do Reino Unido, Jack Straw, começou nesta segunda-feira um giro oficial de quatro dias pelo Oriente Médio, a fim de conseguir apoio internacional para uma possível guerra anglo-americana contra o Iraque.Straw viajará a Egito, Jordânia, Kuwait e Irã, onde vai manter conversações com altos funcionários dos respectivos governos, para pedir apoio a uma "resolução de força" que permita realizar um ataque militar a Bagdá, caso o governo iraquiano se negue a cumprir as obrigações da ONU.Porém, antes de começar o giro, Straw fez escala em Paris na manhã desta segunda, a fim de se reunir com funcionários do governo francês e discutir medidas que aproximem o governo da França de Washington. Nos últimos dias, as autoridades francesas se mostraram fortemente contrárias às medidas de Washington, depois das declarações do presidente Jacques Chirac, que refutou qualquer resolução da ONU que permita um ataque ao Iraque.Após a visita a Paris, Straw partirá para os países do Oriente Médio e insistirá em que "uma ação militar contra Bagdá não desestabilizará a situação dos outros países da região". Durante a visita aos quatro países da região, Straw disse que também vai discutir a crise que afeta Israel e os territórios palestinos, além de pedir o fim da violência na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.