Morteza Nikoubazl/Reuters
Morteza Nikoubazl/Reuters

Chanceler da Turquia visita Irã em momento de divergências

Ancara aceitou receber escudo antimísseis da Otan, o que estremeceu os laços com Teerã

Agência Estado

04 de janeiro de 2012 | 18h44

ANCARA - O Ministério das Relações Exteriores da Turquia anunciou nesta quarta-feira, 4, que o chanceler do país, Ahmet Davutoglu, visitará o Irã para conversar com autoridades de Teerã sobre o programa nuclear iraniano e também sobre a situação política no Iraque e na Síria.

 

A chancelaria turca disse que a visita de Davutoglu a Teerã irá durar dois dias, a partir da noite desta quarta. Segundo o governo turco, a visita faz parte das reuniões regulares entre os chanceleres dos dois países, sempre agendadas para ocorrer duas vezes por ano.

 

Mas a visita na realidade acontece em meio ao aumento das tensões entre a Turquia e o Irã, após o governo turco ter concordado em receber o sistema de defesa antimísseis montado na Anatólia pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), cujo objetivo declarado é conter uma possível ameaça balística do Irã contra Israel e a Europa.

 

Além disso, a oposição declarada do governo turco ao governo da Síria, além do apoio de Ancara a dissidentes sírios, irritou o Irã, que é aliado do presidente sírio Bashar Assad.

 

O Irã é suspeito de buscar a produção de armas nucleares. O país afirma que seu programa nuclear tem apenas objetivos pacíficos, como a geração de energia. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.