Chanceler é indicado de novo à presidência

O partido governista da Turquia, AKP, decidiu ontem indicar novamente o chanceler Abdullah Gul como seu candidato à presidência. A anterior candidatura de Gul - que nega ter uma agenda islâmica - desatou uma grave crise que levou às eleições parlamentares antecipadas de 22 de julho, vencidas pelo AKP. A primeira rodada da votação presidencial ocorrerá na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.