Chanceler egípcio anuncia acordo de facções palestinas

O ministro de Relações Exteriores do Egito, Ahmed Aboul Gheit, disse hoje que as facções palestinas rivais vão assinar um acordo de reconciliação em Cairo, capital egípcia, dia 25.

AE-AP, Agencia Estado

05 de outubro de 2009 | 17h23

Aboul Gheit disse, numa coletiva de imprensa conjunta com seu colega jordaniano, que o presidente palestino Mahmoud Abbas, do Fatah, concordou com a data da assinatura.

O Hamas, facção opositora, expulsou as forças de Mahmoud Abbas da Faixa de Gaza em 2007, deixando-o no controle apenas da Cisjordânia. Com isso, os palestinos ficaram divididos entre duas entidades políticas.

Repetidos esforços de reconciliação falharam, prejudicando as tentativas de paz com Israel. Aboul Gheit disse que "as facções palestinas serão informadas do conteúdo do acordo nos próximos dias e das linhas gerais do acordo final".

O Egito tem liderado os esforços de mediação palestinos. Antes do anúncio, Aboul Gheit reuniu-se com o rei jordaniano Abdalla II e, mais tarde, com Abbas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.