Chanceler saudita diz que Al-Qaeda se arrependerá

O chanceler saudita, príncipe Saud Al-Faisal, prometeu hoje encontrar os responsáveis pelos atentados de segunda-feira.Segundo ele, os organizadores da Al-Qaeda se "arrependerão".De acordo com informações oficiais, 34 pessoas morreram e 194 ficaram feridas. Cerca de 2 mil peritos estão vasculhando os escombros à procura de pistas das identidades dos suicidas.Autoridades americanas estão preocupadas com a possibilidade de novos atentados e ordenaram a retirada de todos os funcionários não-essenciais e seus familiares da capital saudita. Uma equipe do FBI foi enviado à cidade para ajudar nas investigações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.