Chances de encontrar sobreviventes em NY são mínimas

A possibilidade de encontrar alguém vivo entre as mais de 5 mil pessoas desaparecidas nos escombros do World Trade Center é "muito, muito pequena", afirmou hoje o prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, uma semana após os atentados que destruíram as torres gêmeas.Ele assinalou, entretanto, que as chances ainda não se esgotaram. "Ainda vamos conduzir as operações como um esforço de resgate (de sobreviventes) e recuperação (de corpos)", disse.Depois de voltarem ao trabalho na segunda-feira, os nova-iorquinos, assim como notre-americanos em todo o país e na Casa Branca, pararam hoje às 8h48 tudo que estavam fazendo e renderam um minuto de silêncio em memória das vítimas. Nesse momento - a hora em que, uma semana antes, o primeiro Boeing seqüestrado atingiu a Torre Norte do WTC -, as estações de rádio e TV suspenderam sua programação regular para tocar o hino nacional.Milhares de pessoas participam das operações no local, de onde já foram removidas quase 50 mil toneladas de destroços. Já foram recuperados 218 corpos e o total de desaparecidos é de 5.422. Nas ruínas do Pentágono, em Washington, o número de mortos ou desaparecidos é de 188.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.