Chávez aceita renúncia da diretoria da estatal do petróleo

O presidente venezuelano Hugo Chávez aceitou a renúncia da diretoria da estatal Petroleos de Venezuela SA (PdVSA), disse o executivo da companhia Edgar Paredes. Os sete diretores entregaram as renúncias no final da sexta-feira, principalmente, segundo um deles, para dar ao governo a chance de resolver a situação crítica da companhia. O primeiro-vice-presidente da PdVSA, Jorge Kamkoff, disse que os diretores sentiram que não estavam fazendo o trabalho porque não conseguiram manter a companhia funcionando depois da adesão dos petroleiros à greve nacional contra o governo de Chávez.

Agencia Estado,

09 Dezembro 2002 | 20h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.