Chávez acusa general boliviano de desobedecer Evo

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, acusou hoje o comandante-em-chefe das Forças Armadas da Bolívia, general Luis Trigo, de atuar contra as ordens do presidente Evo Morales.Em seu programa "Aló Presidente", Chávez afirmou que Trigo foi até o departamento (Estado) de Pando ontem à noite. O militar, porém, não teria cumprido a ordem do presidente, "mas ele chegou e ordenou às tropas que se aquartelassem, e abandonaram a proteção do aeroporto e a proteção dos cidadãos".Chávez manifestou várias vezes sua disposição de defender Evo militarmente, ante um possível movimento golpista. Trigo afirmou na sexta-feira que os militares bolivianos não permitirão "que nenhum militar de força estrangeira pise território nacional". As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.