Chávez acusa os EUA de tentarem derrubar Assad

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, acusou na noite desta sexta-feira os Estados Unidos e os aliados de Washington de provocarem a violência na Síria, numa tentativa de derrubar o governo do seu amigo, o presidente sírio Bashar Assad.

AE, Agência Estado

06 de abril de 2012 | 22h40

Chávez disse que falou por telefone mais cedo, nesta sexta-feira, com Assad, que lhe teria dito que mais de 2 mil soldados sírios, bem como um grande número de civis, foram mortos no que o líder venezuelano descreveu como um "plano terrorista" para derrubar Assad. Chávez também falou que Assad lhe disse que a situação de segurança "está melhorando" na Síria e que ele espera que volte logo ao normal.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.