Chávez acusa Uribe de querer provocar guerra

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, assegurou ontem que o governo da Colômbia está tentando provocar seu país para começar uma guerra e assim justificar uma intervenção dos EUA. "Alerto ao continente, ao povo venezuelano, às Forças Armadas, sobre a intenção do governo da Colômbia de provocar uma guerra", disse Chávez em seu programa ?Alô, Presidente?.O líder venezuelano aproveitou para negar acusações de que arquivos encontrados no computador de Raúl Reyes, número 2 das Farc morto em março, comprovariam vínculos dele com a guerrilha. "Quero que apresentem provas, não documentos imbecis", disse o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.