Chávez admite que fez cirurgia para retirar um tumor

O presidente venezuelano Hugo Chávez, de 56 anos, admitiu nesta quinta-feira, pela primeira vez, que se submeteu a uma segunda cirurgia em Cuba para a retirada de um tumor com células cancerígenas, na região pélvica, a qual, segundo ele, "transcorreu satisfatoriamente". O líder venezuelano já havia sido operado no dia 10, num hospital de Havana, para a retirada de um abscesso na região pélvica, que lhe causava dores abdominais. "Após esta primeira operação, houve a necessidade de uma segunda intervenção cirúrgica, que permitiu a extração total de um tumor", disse Chávez em uma declaração à nação venezuelana, transmitida pela TV estatal. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.