Chávez ameaça militarizar estatal petrolífera

O presidente venezuelano Hugo Chávez ameaça militarizar a estatal Petróleos de Venezuela S. A. (PDVSA) se os trabalhadores tentarem paralisar a produção da companhia. "Não vou permitir que parem. Se pararem, militarizo a empresa", disse o mandatário em seu programa de rádio semanal "Alô, Presidente". Chávez acusou os líderes políticos e sindicais opositores de semear a discórdia na companhia de petróleo e disse ter pronto um plano de contingência caso os trabalhadores e gerentes iniciem uma greve, mas não deu detalhes do plano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.