Chávez ameaça ocupar indústrias de alimentos

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, ameaçou nesta sexta-feira os empresários de ocupar militarmente as indústrias de alimentos, se estas insistirem em manter a greve nacional opositora que já dura 40 dias. Chávez disse que não permitirá que a "oligarquia" vá "matar o povo de fome" e pediu aos altos oficiais que se preparem para "ocupar militarmente as plantas de produção de alimentos". "Se tivermos que chegar ao extremo de, seguindo a Constituição, ordenar que sejam requisitados os depósitos de milho e arroz estocados, eu o farei", afirmou o mandatário. O presidente pediu aos membros das Forças Armadas que "empunhem suas espadas" em defesa das "garantias do povo bolivariano da Venezuela".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.