Chávez ameaça regular preços de clínicas privadas

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta terça-feira, 3, que se as clínicas privadas continuarem "saqueando" a classe alta e média de seu país, ele deverá regular preços do setor, segundo reportagem publicada no jornal El Pais.De acordo com o jornal, Chávez ameaçou nacionalizar a empresa que não cumprir a regulação."Se as clínicas privadas seguirem especulando, haverá regulação de preços. A clínica que não cumprir será nacionalizada", disse Chávez, segundo jornal. "Também é nossa obrigação proteger a classe média e os ricos", acrescentou.O presidente venezuelano se referiu a este assunto durante um ato oficial no Palácio de Miraflores, a sede do governo, após comentar que os preços nas clínicas aumentaram muito, embora a inflação de março tenha caído 0,7%."Chama a atenção o fato dos preços do setor terem subido 4,5% em fevereiro e 3,8% em março", afirmou Chávez.Chávez destacou que este aumento acontece ao mesmo tempo em que o governo está "transformando mil em milhão de dólares com centros de alta tecnologia, toneladas de medicamentos gratuitos".O presidente disse ainda que não voltará atrás se for obrigado a regular preços do setor ou nacionalizar clínicas. "Estamos aqui para governar e fazemos isto em favor de todos os venezuelanos", completou Chávez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.