Chávez anuncia prisão de capitães por complô

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, anunciou ontem a detenção de dois capitães da Guarda Nacional. Segundo Chávez, eles mantinham contato pela internet com os EUA e movimentos políticos para preparar planos desestabilizadores. Ele vinculou a detenção e os recentes atos de violência ao referendo do dia 15 sobre a reeleição ilimitada.

, O Estadao de S.Paulo

06 de fevereiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.