Chávez chega à Bolívia para cúpula climática

Para líder venezuelano, evento é a 'continuação da batalha' após 'grande fracasso' em Copenhague

Efe,

22 de abril de 2010 | 02h47

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou na noite de quarta-feira, 21, à Bolívia para participar da Conferência Mundial dos Povos sobre a Mudança Climática, que acontece na região central de Cochabamba.

O avião do governante aterrissou no aeroporto Jorge Wilstermann de Cochabamba às 23h45 locais (0h45 da quinta-feira em Brasília), e foi recebido pelo vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera, acompanhado de alguns ministros e autoridades locais.

Após o desembarque, Chávez pronunciou um breve discurso no qual culpou o capitalismo pelo problema da mudança climática.

"O capitalismo é um modelo de desenvolvimento destrutivo. Nos levou à beira do abismo, a um ponto do qual pode ser impossível retornar ao equilíbrio mínimo ambiental necessário no planeta, que garanta a continuidade da existência da espécie humana", disse.

Chávez disse ainda que a cúpula na Bolívia é a "continuação da batalha" após o "grande fracasso" da cúpula de Copenhague de dezembro.

O líder venezuelano foi o primeiro presidente a chegar à Bolívia para participar da Conferência sobre Mudança Climática.

Tudo o que sabemos sobre:
Chávez, Bolívia, cúpula climática

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.