Chávez: comércio com Honduras 'precisa' ser suspenso

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje que o comércio com Honduras "precisa" ser suspenso após o golpe militar que afastou do poder o presidente hondurenho Manuel Zelaya, um aliado próximo do mandatário venezuelano. "A suspensão do comércio com Honduras é uma medida que precisa ser tomada", disse Chávez.

AE, Agencia Estado

10 de julho de 2009 | 16h28

A Venezuela já suspendeu nesta semana os embarques de petróleo a Honduras, atividade que funcionava no âmbito dos acordos da Petrocaribe. Os acordos eram vantajosos aos participantes, oferecendo petróleo venezuelano e derivados a baixo preço. Chávez disse que o país hondurenho representado por Zelaya continuará a fazer parte da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba). As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.