Chávez compra 1 milhão de laptops de Portugal

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou a compra de um milhão de computadores portáteis de Portugal, como parte de um acordo bilateral firmado, neste sábado, que envolve um valor aproximado de US$ 3 bilhões, segundo fontes portuguesas. Os computadores portáteis, de cor azul e branca, contam com uma câmera digital e acesso à internet, afirmaram funcionários portugueses, que recusaram-se a falar sobre o valor exato da encomenda. Eles afirmaram que os computadores têm processador Intel e estão destinadas aos estudantes do país."Estamos construindo uma relação sólida com Portugal", disse Chávez, em discurso. "Negociamos esses acordos com base nos nossos interesses mútuos." Como parte do acordo, Portugal ajudará a Venezuela em projetos de construção de moradias. Uma empresa portuguesa assinou um contrato para prover 50 mil casas pré-fabricadas.Portugal também colaborará com o desenvolvimento da infra-estrutura da Venezuela, com projetos de geração e distribuição de energia e em telecomunicações. A Petróleos de Venezuela e a EdP fecharam um acordo para desenvolver uma unidade de gás natural no país sul-americano. A Venezuela e Portugal anunciaram, no mês passado, o fortalecimento de seus vínculos comerciais e o país sul-americano enviou recentemente um navio com um milhão de barris de petróleo para Portugal. O presidente venezuelano chegou a Lisboa após visitar a Rússia e a França. Esta é a sua terceira visita à capital portuguesa em um ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.