Chávez condena "categoricamente" ataques da "elite israelense"

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, condenou nesta sexta-feira "categoricamente" os ataques ordenados pela "elite israelense" contra o Líbano e o território palestino."Aproveito para condenar da forma mais contundente possível a agressão que a elite israelense está promovendo contra inocentes", disse Chávez na cerimônia de posse do novo ministro da Defesa, o general Raúl Baduel."O culpado não é o povo de Israel, nem o povo da Palestina. A culpa fundamental recai sobre o império americano, que apoiou Israel, que invade e desafia a ONU há muito tempo", afirmou Chávez."Hoje saiu em um jornal a foto de um homem dando colo a uma menina morta. Além disso, disparam contra povos e contra cidades, e os imorais dos EUA dizem que Israel faz isso em legítima defesa. Vejam a imoralidade desse império", acrescentou o presidente.Chávez também previu que chegará o dia em que o poder dos Estados Unidos declinará, e que isso trará benefícios ao mundo. "Algum dia acabará esse império, para o bem do mundo e da humanidade", expressou o governante venezuelano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.