Chávez continuará tratamento do câncer na Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou neste sábado que se submeterá a uma próxima rodada de tratamento para câncer em seu próprio país, e não em Cuba. Chávez disse que começará a terceira fase da quimioterapia em breve, em um Hospital Militar de Caracas. As duas sessões anteriores ocorreram em Cuba.

Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 19h19

"Eu não vou para Cuba desta vez. Nas próximas horas, entre hoje e amanhã (domingo), nós estaremos preparados para o terceiro ciclo", comentou Chávez, durante uma reunião de gabinete televisionada. Segundo ele, a equipe médica tomou a decisão na sexta-feira, após os últimos exames médicos.

Em junho, Chávez submeteu-se a uma cirurgia para a retirada de um tumor cancerígeno na região pélvica. Ele disse que exames posteriores não detectaram nenhum sinal de células malignas em seu corpo. Segundo o líder, a quimioterapia é uma medida preventiva, para evitar a reaparição da doença.

Chávez tem aparecido com a cabeça raspada nas últimas semanas, após seu cabelo começar a cair como resultado da quimioterapia. O presidente disse que espera desaparecer do público nos próximos dias, mas permanecerá em contato com funcionários do governo e seus partidários por telefone e pelo Twitter. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaChávezcâncer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.