Chávez desmente mudança em gabinete e ratifica ministros

Presidente anuncia a manutenção de seu vice e do alto comando militar e cria o Ministério da Juventude

,

08 de julho de 2011 | 00h39

CARACAS

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, desmentiu ontem uma possível mudança em seu gabinete, que tinha sido antecipada por seu vice, Elías Jaua, e ratificou todos seus ministros nos cargos. Ele ainda anunciou, durante reunião do Conselho de Ministros, que manterá todos os membros do alto comando militar. Chávez também ratificou Jaua como seu vice, encerrando as especulações de que ele poderia colocar seu irmão mais velho, Ádan, ou o chanceler Nicolás Maduro no cargo.

O presidente anunciou a criação do novo Ministério da Juventude, que será comandado pela jornalista María Pilar Hernández.

Mais cedo, Chávez visitou a Academia Militar Alejandro Petión, onde estudou 40 anos atrás, para se reunir com o alto comando. Durante uma breve aparição no centro de treinamento das Forças Armadas, em Caracas, transmitida ao vivo pela televisão estatal da Venezuela, o presidente do país, Chávez declarou que enfrenta "uma emboscada da vida". O líder reafirmou que luta contra o câncer com determinação, mas admitiu que tem de reduzir o ritmo, pois sente vontade de "trotar".

"Alguns dizem ser mentira que fui operado duas vezes para extrair um tumor maligno. Se alguém vir meu abdome - claro que não vou mostrar -, tenho não sei quantos pontos ali. Tenho uma recuperação positiva nesta primeira etapa. Outras virão", afirmou, ainda sem especificar qual órgão, exatamente, foi afetado pela doença.

Acompanhado dos generais Carlos Mata Figueroa, ministro da Defesa, e Henry Rangel Silva, comandante do Exército, Chávez visitou a escola de cadetes. Vestindo um abrigo esportivo e cumprimentando de modo efusivo os cadetes, Chávez caminhou lentamente pelas instalações da academia./ REUTERS, AP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.