Chávez deve chegar hoje a Cartagena para reunião

Presença de líder venezuelano em cúpula na Colômbia era incerta em razão do tratamento contra o câncer

CARACAS, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2012 | 03h02

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deve chegar hoje à tarde a Cartagena, na Colômbia, para participar da 6ª Cúpula das América. O líder bolivariano aterrissou na madrugada de ontem em Caracas, vindo de Cuba, onde passou por uma nova sessão de radioterapia para tratar um câncer.

As condições de saúde de Chávez colocaram em dúvida sua participação na reunião. Durante a semana, a chanceler colombiana, María Angela Holguín, confirmou que Chávez pretendia ir à Colômbia, mas que dependia de sua reação ao tratamento.

De acordo com um comunicado divulgado pela presidência colombiana, Chávez chegará a Cartagena às 16h25 (horário de Brasília) e voltará à Venezuela na manhã seguinte, após uma reunião com os chefes de Estado do continentes.

Ontem, Chávez receberia em Caracas o presidente do Uruguai, Jose Mujica. Os únicos chefes de Estado do continente ausentes da reunião serão o presidente Raúl Castro, de Cuba - que está suspensa da Organização dos Estados Americanos (OEA) - e o equatoriano Rafael Correa, que boicotou a reunião em solidariedade ao cubano.

Golpe. Chávez regressou à Venezuela em meio às comemorações do décimo aniversário do golpe de Estado frustrado contra ele, em 11 de abril de 2002. Apesar de não ter participado de nenhum ato público, Chávez voltará da Colômbia no dia em que, dez anos atrás, os militares lhe devolveram o poder.

Ontem, o autoridades do chavismo aproveitaram a ocasião para criticarem o candidato da oposição nas eleições de outubro, Henrique Capriles Radonski. O chanceler Nicolás Maduro acusou o oposicionista de ter invadido a Embaixada de Cuba em Caracas durante o golpe. " Ali se viu o rosto da direita fascista venezuelana", disse. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.