Chávez diz avaliar se irá à cerimônia de posse do presidente eleito da Colômbia

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse ontem que ainda está avaliando se irá à cerimônia de posse do presidente eleito da Colômbia, Juan Manuel Santos. Ele reiterou que Santos deve respeitar a Venezuela como condição indispensável para a retomada das relações bilaterais, suspensas desde 2008. Chávez afirmou que não quer conflito com ninguém e, por isso, autorizou seu chanceler, Nicolás Maduro, a atender os pedidos de reunião feitos pela nova chanceler colombiana, María Angela Holguín ? ex-embaixadora da Colômbia em Caracas. "Não sei se irei à posse do novo presidente da Colômbia. Terei de avaliar" assuntos vitais como o da "segurança (presidencial), que é algo muito importante lá", disse Chávez em um ato com dirigentes do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).O presidente fez as declarações ao ser informado por Maduro de que a Colômbia havia enviado um "convite verbal" para que ele vá à posse de Santos, em 7 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.