Chávez diz 'estar às ordens' para mediar diálogo

Em entrevista coletiva em Caracas, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, elogiou ontem seu colega colombiano, Juan Manuel Santos, pela iniciativa de paz com a guerrilha e garantiu "estar às ordens" para "pessoalmente assumir alguma tarefa" no processo de paz.

O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2012 | 03h10

O líder bolivariano defendeu ainda que a recente melhora na relação entre Caracas e Bogotá pode "servir de exemplo" na negociação com as Farc. "A paz me encanta", disse Chávez aos jornalistas. "Continuaremos a ser um governo de paz, mas também revolucionário". / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.