Chávez diz que enfrenta uma 'emboscada da vida'

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, fez uma breve aparição ao vivo na televisão hoje, durante uma revista de cadetes e soldados na maior base militar do país. No evento, Chávez trajava um abrigo esportivo e era visto promovendo centenas de soldados alinhados em um campo aberto.

AE, Agência Estado

07 de julho de 2011 | 20h33

Em sua primeira aparição pública em dois dias, Chávez disse que não poderia falar muito, "mas seria de coração, como sempre". O líder venezuelano disse que enfrenta "uma emboscada da vida", mas irá superar a cirurgia para a retirada de um tumor maligno à qual foi submetido há cerca de um mês, em Cuba.

"Alguns dizem ser mentira que fui operado duas vezes para extrair um tumor maligno. Se alguém vir meu abdome - claro que não vou mostrar -, tenho não sei quantos pontos ali. Tenho uma recuperação positiva nesta primeira etapa. Outras virão", afirmou, ainda sem especificar qual órgão, exatamente, foi afetado pela doença.

"Vocês sabem que estou em uma dessas emboscadas da vida", prosseguiu Chávez. "Sempre fui um cadete são. Não me lembro de ter ido à enfermaria nem sequer uma vez. Quero recomendar a vocês: cuidem da saúde. Nos últimos meses, senti dores e não dei atenção. Quem se forma soldado põe a pátria em primeiro lugar", afirmou. "Não devo me exceder, devo puxar o freio." As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.