Chávez diz que falou por telefone com Fidel Castro há 10 dias

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, pediu "a Deus" que Fidel Castro "recupere plenamente" sua saúde. Durante entrevista coletiva, nesta quinta-feira, o venezuelano revelou que há dez dias falou por telefone com o amigo cubano."Algumas pessoas garantem que Fidel está morrendo, mas há dez dias falamos por telefone", declarou Chávez. Ele confessou que revelação desobedecia ao pedido expresso do presidente cubano, de não divulgar a conversa para evitar "comentários" sobre seu estado de saúde.O governante venezuelano sempre envia saudações a seu "irmão e camarada" Castro, que foi operado em julho de 2006, cedendo o poder a seu irmão, Raúl Castro. "Fidel atravessou uma situação delicada, uma complicação séria", afirmou Chávez, ao destacar que durante sua passagem pelo Equador, onde assistiu à posse do novo presidente equatoriano, Rafael Correa, foi bombardeado pela imprensa com perguntas sobre a saúde do líder cubano.Respondendo a uma jornalista, Chávez disse que "Fidel Castro é um homem que nunca morrerá, ficará vivo para sempre".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.