Chávez diz que Maracaibo pode se tornar foco golpista

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse ontem que se candidatos da oposição vencerem as eleições no Estado de Zulia, a região se transformaria em um "epicentro de golpistas e magnicidas sustentados pelos EUA". "O plano é desatar uma grande crise na Venezuela para derrubar Chávez", disse o presidente. "Esses elementos, subordinados ao império americano, pretendem converter Maracaibo (capital do Estado de Zulia) no epicentro desse projeto."Apesar do discurso agressivo, o ministro venezuelano da Comunicação e Informação, Andrés Izarra, anunciou ontem que todos os candidatos a governador e prefeito da oposição terão espaço na programação da emissora estatal VTV. "A VTV abrirá um espaço para que os outros candidatos comecem a participar de debates e entrevistas para que apresentem seus planos de governo", disse o ministro. Apesar de serem locais, as eleições são cruciais para Chávez, que tem participado ativamente da campanha de aliados políticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.