Chávez diz que precisa reduzir ritmo durante revista de tropas

Aparição pública foi a primeira em dois dias; presidente demonstrou cansaço ao caminhar lentamente

estadão.com.br,

07 de julho de 2011 | 16h05

Atualizado às 17h51

 

Chávez ao lado de cadetes em base militar de Caracas em foto cedida pelo governo

 

CARACAS - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, fez uma aparição nesta quinta-feira, 7, ao vivo na televisão durante uma revista de cadetes e soldados na maior base militar venezuelana. No local, Chávez admitiu que precisa reduzir o ritmo de trabalho. "Tenho que frear o cavalo", disse.

 

Veja também:

linkOpositor critica falta de informações sobre Chávez

blog NUESTRA AMÉRICA: As doenças de líderes latinos

linkDilma oferece possibilidade de tratamento no Brasil

 

No evento, Chávez era visto promovendo centenas de soldados alinhados em um campo aberto. Segundo o jornal local El Universal, Chávez criticou quem não acredita que ele teria sido submetido a duas cirurgias. "Algumas pessoas dizem que é mentira que eu fui operado duas vezes para extrair um tumor maligno", disse Chávez durante o evento no Fuerte Tiuna, segundo o jornal.

 

"Se vissem minha barriga, certamente não a vou mostrar, mas tenho não sei quandos pontos lá". O presidente disse ainda que tem uma recuperação positiva "nesta primeira etapa". E que "outras virão". Segundo Chávez, sua nova rotina inclui "banho, jantar e cama".

 

Segundo a Reuters, Chávez caminhava lentamente e parecia estar cansado. A agência disse ainda que o presidente estava "pálido e com olheiras". Ele deu ordens de formação aos militares, cantou hinos e recomendou aos jovens que cuidassem da saúde.

 

Em sua primeira aparição pública em dois dias, Chávez disse que não poderia falar muito, "mas seria de coração, como sempre". O líder venezuelano disse que irá superar a cirurgia para a retirada de um tumor maligno à qual foi submetido.

 

Chávez foi operado em Cuba em 10 de junho para a retirada de um câncer e voltou à Venezuela na madrugada de segunda-feira. No dia seguinte, participou das comemorações dos 200 anos da independência do país.

 

Com Agência Estado e Reuters

Tudo o que sabemos sobre:
ChávezTVrevistatropassaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.