Chávez diz que vai desapropriar terras improdutivas

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciouneste domingo que vai fazer cumprir uma lei agrícola que permite ao governo taxar e desapropriar terras improdutivas, como parte do aprofundamento de sua "revolução". "Vamos desapropriar a terra ociosa para fazê-la produtiva", disse Chávez em seu programa semanal de rádio e TV Alô, Presidente.Oposicionistas apontam para a Lei Agrária, criada por Chávez em 2001, como prova de que Chávez pretende impor uma ditadura comunista no país. "Chegou a hora de criar uma democracia na distribuição de terra na Venezuela", disse Chávez. "Temos de dar uma mão aos trabalhadores rurais e não às pessoas que mantêm a terra improdutiva".Chávez afirmou que tentará negociar com os proprietários para persuadi-los a vender a terra ao governo. "Não somos inimigos dos fazendeiros, nem queremos queimá-los ou invadir suas propriedades", explicou o presidente.Segundo um censo de 1998, 60% das terras aráveis na Venezuela são controladas por menos de 1% da população. O presidente venezuelano informou ainda que vai criar um Ministério da Alimentação a fim de permitir a produção barata de alimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.