Chávez diz que vitória no referendo é "inevitável"

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, previu como ?inevitável? sua vitória no referendo que decidirá pela continuidade ou não do mandato presidencial. A votação está prevista para este final de semana. O presidente atacou o que considera um evidente apoio dos EUA à oposição, que classificou como composta por lacaios dos Estados Unidos. A popularidade do presidente entre a população mais pobre faz da tentativa de removê-lo do poder uma batalha difícil.?Nesta conjuntura, nossa vitória é inevitável?, disse Chávez durante uma entrevista coletiva no último dia de campanha para o referendo. ?A vantagem que temos sobre a oposição é tal que surpresas são impossíveis. Totalmente impossíveis?.A Venezuela possui as maiores reservas de petróleo do Ocidente e está polarizada entre os que vêem Chávez como um campeão dos pobres numa nação com uma história marcada pela injustiça social e os que dizem que o presidente é um aspirante a ditador, nos moldes de Fidel Castro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.