Chávez e Evo negam planos para ´sabotar´ viagem de Bush

Os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Bolívia, Evo Morales, negaram na quinta-feira, 1, que tenham planos de"sabotar" a viagem sul-americana de George W. Bush."Estão dizendo que estamos sabotando a viagem de Bush", comentou Chávez com seu colega boliviano durante uma conversa por telefone transmitida ao vivo no programa de rádio Alô Presidente."É preciso entender, porque há governos que mandam tropas não para salvar vidas, mas para acabar com elas. Eles se incomodam com os atos de solidariedade dos povos, para salvar vidas", respondeu Morales.Chávez e Morales também brincaram com a possibilidade deencontrar o presidente americano numa "cúpula" em La Paz."Bush quer ir à Bolívia. Talvez nos vejamos lá, numa cúpula", disse Chávez entre risos.No programa de quarta-feira, 28, Chávez desejou "sucesso" à viagem de Bush pela América do Sul, mas acrescentou que, na sua opinião, a iniciativa será "um fracasso". Ele previu manifestações de protesto nos países visitados.O líder venezuelano negou a intenção de "sabotar" a viagem de Bush, como disse parte da imprensa.Chávez opinou, além disso, que a visita do governante americano à América do Sul tem o objetivo de "dividir e deter a nova corrente de mudanças em andamento no continente".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.