Chávez e Uribe anunciam fundo de US$ 200 mi

Os presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e da Venezuela, Hugo Chávez, fecharam acordo, neste sábado, em torno de um conjunto de medidas para promover o comércio e enfrentar a crise econômica mundial. Os líderes reuniram-se durante sete horas na cidade colombiana de Cartagena, na 13ª reunião bilateral dos governantes desde 2002. "Tivemos uma reunião mais do que produtiva", concordaram Uribe e Chávez.Os presidentes anunciaram a constituição de um fundo de para concessão de crédito a microempresários e financiamento de obras de infraestrutura ao longo da fronteira entre os dois países. O fundo será de US$ 200 milhões (US$ 100 milhões de cada país), na esperança de impulsionar o comércio bilateral e enfrentar a crise econômica mundial que limita a demanda global por suas exportações. ?Concordamos em instalar, de imediato, uma comissão econômica, com distintas equipes técnicas, que irão trabalhar em reuniões setoriais?, disse Chávez. O presidente venezuelano chegou a Cartagena acompanhado por sete de seus ministros, quase todos da área econômica, que se reuniram com seus parescolombianos. Chávez declarou-se disposto a estudar um aumento na quota de importação de automóveis colombianos. Os presidentes discutiram ainda formas de incentivar a produção local de componentes para carros, para reduzir a dependência das importações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.