AP
AP

Chávez enfrenta pós-operatório 'complexo', diz vice-presidente

Nicolás Maduro fez pronunciamento e pediu união nacional para 'enfrentar esses dias duros e difíceis'

estadão.com.br,

12 de dezembro de 2012 | 16h32

CARACAS - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, enfrentará um pós-operatório "complexo e duro" após passar pela quarta cirurgia contra o câncer em Cuba, disse nesta quarta-feira, 12, o vice-presidente do país, Nicolás Maduro. "Foi uma operação complexa, difícil, delicada e o processo pós-operatório vai ser, também, um processo complexo e duro."

O vice-presidente, apontado como sucessor de Chávez pelo próprio líder bolivariano, também pediu unidade nacional. "Estamos unidos na lealdade à Chávez e chamamos todo o povo a orar". "(Que) nosso povo esteja serenamente preparado para enfrentar esses dias duros, complexos e difíceis que nos levarão a viver cenários complexos e difíceis", disse, visivelmente consternado e acompanhado por alguns ministros.

Maduro informou que está em contato direto com Havana para saber e "informar corretamente o povo" sobre a recuperação de Chávez. O vice-presidente lembrou que no próximo domingo ocorrem as eleições estaduais na Venezuela e pediu que todos os venezuelanos compareçam às urnas.

Volta do câncer

Chávez surpreendeu o mundo no sábado ao anunciar a volta do câncer e ao indicar Maduro, que também é chanceler, como seu potencial sucessor, o que deixou dúvidas sobre a possibilidade que tem de exercer o poder após ser reeleito para governar até 2019.

Orações

Simpatizantes do líder bolivariano foram às ruas em diversos Estados da Venezuela para rezar pela recuperação de Chávez. Em Quito, no Equador, também houve manifestações de apoio ao presidente.

Com Reuters

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.