Jornal Granma/AP
Jornal Granma/AP

Chávez está sendo operado em Cuba

Presidente equatoriano, Rafael Correa afirmou que o colega venezuelano passa por 'uma operação muito delicada'

estadão.com.br,

11 de dezembro de 2012 | 14h09

(Texto atualizado às 20h15) HAVANA - O presidente venezuelano Hugo Chávez "está sendo operado neste instante", afirmou o presidente do Equador, Rafael Correa, no início da tarde desta terça-feira, 11. Correa visitou o colega em Havana, onde Chávez passa pela quarta cirurgia desde que descobriu que tinha câncer.

"Meu querido amigo e colega, o comandante Hugo Chávez, está passando os momentos mais difíceis de sua vida. Está sendo operado neste instante. Uma operação muito delicada", disse Correa, após participar de uma reunião com o presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

O governo da Venezuela afirmou, por volta das 20h (horário de Brasília) que o processo cirúrgico continuava. "O presidente Chávez ainda passa pelo processo operatório em Cuba com muito otimismo", disse o Ministro da Comunicação, Ernesto Villegas, lendo um comunicado.

Correa afirmou ainda que o venezuelano estava "animado" antes de iniciar a cirurgia. "Chávez estava animado. Ele nos dá toda a sua força", afirmou o presidente do Equador, em sua conta no Twitter após voltar para Quito. À agência AFP, Villegas disse, nesta tarde, que a equipe médica está "otimista do êxito" da operação.

No fim de semana, Chávez anunciou que seria submetido a essa cirurgia, o que poderia deixá-lo fora do poder. O presidente "delegou" o poder ao vice, Nicolás Maduro. Eleito em outubro para um quarto mandato presidencial, entre 2013 e 2019, Chávez pode não assumir o cargo, então novas eleições seriam convocadas.

O presidente venezuelano foi recebido em Havana, na manhã de segunda-feira, pelo presidente cubano Raúl Castro. Durante um debate que ocorreu no domingo na Assembleia Nacional, alguns deputados da oposição exigiram que a ausência temporária do presidente fosse declarada e que o poder fosse transferido ao vice-presidente. Essa possibilidade, contudo, foi descartada.

Chávez, de 58 anos, disse que estava livre do câncer após ser diagnosticado e tratado da doença no ano passado. Mas no sábado ele anunciou que "células malignas" haviam retornado e ele precisa de mais uma intervenção cirúrgica.

Veja vídeo da TV venezuelana, em espanhol, de Ernesto Villegas lendo comunicado sobre início da operação:

Com informações da Reuters e AP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.