Chávez fala aos nicaragüenses antes da posse de Ortega

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, falou na quarta-feira a dezenas de milhares de pessoas que esperavam ouvir o recém-empossado chefe de Estado nicaragüense, o sandinista Daniel Ortega, numa praça de Manágua."Vim à Nicarágua com o coração transbordando de emoção e de alegria", disse Chávez. Ele também tomou posse na quarta-feira para um novo mandato de seis anos como presidente da Venezuela."Trago o abraço infinito e profundo da revolução bolivariana", acrescentou, mandando "um abraço ao companheiro Fidel Castro", presidente de Cuba."Pátria, socialismo ou morte", gritou Chávez, ao lado de Ortega, diante de mais de 100 mil pessoas que há duas horas esperavam o discurso do novo presidente.Antes de terminar seu discurso, Chávez entregou a Ortega uma réplica da espada de Simón Bolívar. Depois, cedeu a palavra ao presidente da Bolívia, Evo Morales, que disse se sentir orgulhoso de estar junto a dois líderes que "comandam a libertação da América" em sua "luta antiimperialista".Morales também fez referências elogiosas ao chefe de Estadocubano e terminou seu discurso com um grito de "morra o imperialismo americano".Morales e Chávez foram os únicos chefes de Estado ou de governo que falaram ao povo nicaragüense entre os 16 presentes à posse de Ortega.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.